Santos e ícones Católicos

Você está em: Santos e Ícones . Significado e Simbolismo . São João Batista

A imagem de São João Batista é um grande ensinamento sobre a vida e a obra deste grande santo. Ele foi o precursor de Jesus Cristo, anunciando a todos que o Salvador estava chegando. Ele mesmo se declarou como 'Uma voz que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor!' Ele foi o último dos profetas, elogiado por Jesus Cristo: "Pois vos digo: entre os nascidos de mulher não há maior que João". ( Lucas 7,28) Vamos compreender sua imagem.

A túnica roxa de São João Batista

A túnica roxa de São João Batista revela um aspecto importante de sua vida: a austeridade e o jejum. Os Evangelhos atestam que João alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre e vivia fazendo jejuns, tendo um grande espírito de oração.

A mão direita levantada

A mão direita de São João Batista levantada simboliza sua pregação nas margens do Rio Jordão. Ele percorreu toda a bacia do Rio Jordão pregando a penitência, a conversão, o arrependimento e o perdão dos pecados. João reunia multidões em torno de si por causa da força de sua pregação. Ele cumpriu sua missão maravilhosamente 'preparando o caminho do Senhor', como 'uma voz que grita no deserto'. Ele é o último dos preofetas.

A concha de São João Batista

A concha na mão esquerda de São João Batista simboliza sua missão de batizador. Com efeito, 'Batista' não é propriamente um sobrenome mas, sim, uma função: aquele que batiza. A concha também nos relembra que João Batista foi quem batizou Jesus, o Salvador que ele anunciava. Ao batizar Jesus, João viu a Santíssima Trindade: o Espírito Santo veio sobre Jesus em forma de pomba e do céu veio uma voz como de trovão: 'Este é meu Filho muito amado, em quem coloco toda a minha confiança!' (Lucas 3, 21-22)

A flâmula de São João Batista

A flâmula de São João Batista contem um texto em latim: 'Ecce Agnus Dei', o que quer dizer: 'Eis o Cordeiro de Deus'. Diz respeito a uma outra revelação de Deus através de São João Batista. Tempos depois de ter batizado Jesus, João Batista o viu novamente nas margens do Jordão e disse a seus discípulos: 'Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo'. (João 1, 29) Neste momento, João Batista revela que Jesus é o Cordeiro de Deus, isto é, o verdadeiro e definitivo sacrifício que será oferecido (com a morte de Jesus) para o perdão dos pecados.

O cordeiro de São João Batista

O cordeiro de São João Batista completa a mensagem da flâmula e simboliza Jesus Cristo, que João anunciou. A expressão 'Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo'. (João 1, 29) é usada até hoje nas celebrações da Santa Missa.

A cruz de São João Batista

A cruz de São João Batista tem dois significados. Primeiro, representa o anuncio de jesus Cristo como Salvador. Jesus salva a humanidade como Cordeiro de Deus que se sacrifica através da cruz em favor de toda a humanidade. Em segundo lugar, a cruz simboliza também o martírio de São João Batista como prefiguração da morte de Jesus.

O manto vermelho de São João Batista

O manto vermelho de São João Batista simboliza sua morte. João foi um mártir da justiça e da verdade. Denunciou os desmandos de Herodes Antipas. Por isso, foi preso e degolado, a pedido de Herodíades, amante de seu próprio cunhado Herodes Antipas.

Oração a São João Batista

'São João Batista, voz que clama no deserto, 'endireitai os caminhos do Senhor, fazei penitência, porque no meio de vós esta quem não conheceis, e do qual eu não sou digno de desatar os cordões das sandálias'. Ajudai-me a fazer penitência das minhas faltas, para que eu me torne digno do perdão daquele que vós anunciaste com estas palavras: 'Eis o Cordeiro de Deus, eis aquele que tira o pecado do mundo'. São João Batista rogai por nós. Amém.'

Veja alguns produtos de São João Batista